13 de julho de 2012

Soneto: Pedro, meu filho!


Uma singela homenagem ao meu amigo José Benício, a sua família e ao pequeno Pedro que está para chegar!

Benício, espero que tenha gostado de meus singelos versos dedicado ao seu filho e do meu vídeo com algumas fotos suas e do chá de bebê!

Pedro, meu Filho!

Caminha para a vida e para o mundo
o rebento menino já sagrado
gerando em si o amor desmensurado,
amor raro, divino e tão profundo!

Divaga o tempo por tempo ditado
e esta ansiedade que nos bate fundo!
Gira o girassol, flores, ‘giramundo’,
gira o relógio pro dia marcado!

Quando chegares, traga-nos a paz,
chores forte, marcando a tua presença,
mostre pra vida o teu eterno brilho!


Saiba do sentimento que aqui jaz
e que direi pra ti com voz imensa:
- Te amo sem meio, sem fim, Pedro, meu filho! –



Sigam-me no Twitter: @PoetaTulio