4 de agosto de 2015

Resenha sobre o livro "Seu Jorge - A inteligência é fundamental"

A primeira vez que ouvi Seu Jorge cantar foi em 1999 com o partido alto "Te segura" de Nei Lopes e Wilson Moreira num dueto com Beth Carvalho no CD Casa de Samba 3. Além da voz possante, me chamou atenção o seu nome, Seu Jorge e do seu grupo Farofa Carioca. Não me aprofundei na sua carreira, voltei a ver Seu Jorge no seu especial na MTV, o MTV Apresenta Seu Jorge. Depois só com o seu CD e DVD com Ana Carolina.

Seu Jorge até bem pouco tempo atrás não tinha a sua biografia disponível ao grande público. Ano passado o jornalista e produtor, Leonardo Rivera resolveu esse problema lançando a biografia "Seu Jorge - A inteligência é fundamental". Leonardo foi inclusive responsável por ajudar ao Farofa Carioca a lançar seu disco "Moro no Brasil" em 1999.

Mesmo respeitando uma ordem cronológica, a biografia foge um pouco do convencional. Ela é praticamente contada pelo próprio Seu Jorge com depoimentos de todas as fases da sua vida que começa em Belford Roxo, no Rio de Janeiro, passa por São Gonçalo até o seu estrelato como ator, cantor e compositor de renome internacional.

O livro mostra um Seu Jorge, aliás, o Jorge Mário, o rapaz que após a morte do seu irmão numa chacina em Belford Roxo sai de casa sem eira nem beira e passa a viver com seu violão pelas ruas do Rio de Janeiro. Foi assim que Seu Jorge foi salvo pela arte através do teatro até se tornar o "Mané Galinha" de "Cidade de Deus". A repercussão internacional do filme deu uma guinada em sua vida.

Já em carreira solo após sair do Farofa Carioca um pouco antes do lançamento do primeiro e único disco da banda, Seu Jorge vai pra França e lança seu primeiro disco solo, o "Samba Esporte Fino". Diversos dos seus hits saem já no primeiro álbum como "Carolina", "Mangueira" e "De Alegria Raiou o Dia". Seu Jorge se consagra internacionalmente com o samba malandro e suingado carioca e ainda no exterior lança mais um disco, o seu segundo solo, o "Cru" que traz clássicos como "Tive Razão", a releitura de "São Gonça", lançado anteriormente no disco "Moro no Brasil" com o "Farofa Carioca" e "Eu Sou Favela".

A consagração musical e respeito de critica e público veio com o audacioso álbum
"The Life Aquatic Studio Sessions", trilha sonora do filme "The Life Aquatic with Steve Zissou" de Wes Anderson. No álbum Seu Jorge faz versões em português para as músicas do camaleônico David Bowie. No Brasil, Seu Jorge se consagra com o álbum "Ana e Jorge". Além de apresentar ao Brasil seus clássicos já conhecidos, nos é apresentado um Seu Jorge cantor de balada romântica como em "É Isso Aí" e "Pra Rua Me Levar". A partir daí o Brasil fica ligado no talentoso artista a cada trabalho que vira sucesso a cada lançamento como mais quatro discos de estúdio e dois DVDs.

O livro ainda nos apresenta um Seu Jorge critico no lado social e político do Brasil, traço já visto em alguma de suas cancões. O que nos chama atenção é que seu discurso é longe de ser partidário ou em defesa de uma ideologia política, é um discurso que chama atenção para o descaso social das favelas, do subúrbio, dos menos favorecidos, um discurso contra qualquer preconceito racial e social. Jorge Mário fala com propriedade e por ter vivido na pele todos esses problemas.

Descobrir e se aprofundar na carreira de Seu Jorge vale muito a pena. Com o livro temos agora a oportunidade de conhecer o Jorge Mario, o Seu Jorge humano, o que lutou muito para chegar aos concertos na França. Mesmo com alguns hiatos, Seu Jorge ganha o seu primeiro grande registro sobre sua vida. Como a história dele vem sendo escrita a cada dia, claro que ele no futuro vai merecer uma biografia de largo fôlego e mais profunda, mas em "Seu Jorge - A inteligência é fundamental", temos um grande pedaço de uma história sensacional que pode também virar filme! Seu Jorge e sua história não tem fronteiras! Salve, Seu Jorge!

Título: SEU JORGE: A INTELIGENCIA E FUNDAMENTAL
Autor: Leonaro Rivera
Isbn: 9788566473018
Idioma: Português
Encadernação: Brochura
Páginas: 184
Ano de edição: 2014
Edição:
Outras resenhas:


Twitter: @PoetaTulio
Facebook: Poeta Tulio Rodrigues
Instagram: instagram.com/poetatulio
Tumblr: poetatuliorodrigues.tumblr.com