26 de junho de 2013

TulioCast - Fazendo Arte em Búzios - Parte 2

Poeta Tulio Rodrigues
O TulioCast é um programa de Poesia e música. Terá sempre como grande homenageado um poeta clássico e poetas contemporâneos. O TulioCast é um pequeno programa de poesia divido em três blocos. A cada intervalo entre um bloco e outro será sempre com música da melhor qualidade. Venha conferir!

22 de junho de 2013

Hora de rever tudo por um Brasil melhor!

Poeta Tulio Rodrigues


As tarifas de ônibus baixaram! Esse era o principal foco de quem iniciou os primeiros protestos ainda no inicio do mês, o MPL (Movimento Passe Livre). Segundo noticia O Globo, o movimento irá se reunir para verem como irão agir daqui pra frente.

O que vemos é que os protestos devem continuar e o “novo foco” é a PEC 37 (Proposta de Emenda Constitucional) que tira o poder de investigação do Ministério Público. Com essa emenda aprovada, ela permitirá ao Congresso ter controle sobre as ações do STF. Não por acaso é conhecida como PEC da impunidade.

Porém, vem ocorrendo diversos discursos um tanto estranhos por diversos lados que confundem o real motivo dos protestos. Alguns dizem que por trás da organização estão alguns partidos, mas as agressões sofridas por manifestantes que levantaram bandeiras partidárias às ruas nos mostram que não.

20 de junho de 2013

A luta continua! #VemPraRua

Poeta Tulio Rodrigues


Mais manifestações ocorreram ontem e hoje por todo o país. Até a minha cidade natal, São Gonçalo colocou dez mil pessoas na rua protestando pelos seus direitos.

Não pude ir a nenhuma manifestação, pois sempre caem junto a meus compromissos de trabalho, mas ontem pude mesmo que sem querer, estar numa delas que foi a de Niterói quando antes ainda fiquei preso no meio da Baia de Guanabara por preocupação das Barcas que diziam haver manifestantes querendo invadir a estação. Tudo normalizado, conseguimos sair na estação de Niterói.

18 de junho de 2013

O povo na rua por um novo Brasil


Poeta Tulio Rodrigues




O Brasil viveu ontem momentos históricos com manifestações em diversas capitais e até mesmo em algumas cidades do interior. Manifestações com reivindicações diversas que os nossos governantes, alvos dos protestos, dizem não entender.

Confesso que de inicio, ainda na primeira manifestação em São Paulo que manifestava o aumento da passagem, onde ocorreram confrontos da policia com os manifestantes, tive uma sensação de que naquele momento, irem as ruas para protestar R$ 0,20 (vinte centavos) era muito pouco diante de tantas coisas que nos faltam. Ali foi o estopim para o que viria ser um ato histórico de cunho nacional.

14 de junho de 2013

O manifesto da verdade na terra da mentira - Sobre o novo livro de Lobão

Poeta Tulio Rodrigues


O Brasil é o país dos rótulos seja a quem agrade o sistema ou não. Recentemente Lobão lançou o seu livro “Manifesto do nada na terra do nunca” (Lançamento do livro de Lobão no Rio de Janeiro) e ganhou mais rótulos “Ex-roqueiro” e “Propagandista da oposição” foram alguns. Discordo com os rótulos. Primeiro porque mais do que nunca Lobão vem fazendo seus shows pelo Brasil inteiro. Pelo que acompanho em seu Twitter, Lobão vem compondo novas músicas e sobre Lobão ser “propagandista da oposição” chega a ser uma ofensa, pois Lobão não é hoje oposição ao governo defendendo partidos que se dizem oposição, mas sim em prol dos nossos direitos como cidadão.

Um pouco antes do lançamento do livro, li uma matéria na “Folha de São Paulo” em que Lobão chama a presidente de torturadora, Roberto Carlos de Múmia e Mano Brown de braço armado do PT. Claro que a entrevista teve repercussão e Lobão se defendeu pedindo que lessem o seu livro. Já iria fazê-lo antes, sou fã do Lobão, mas confesso que a matéria aguçou a minha vontade de me debruçar sobre o seu manifesto.

12 de junho de 2013

Participação no sarau "Poesia a estibordo"

Poeta Tulio Rodrigues

Participei na noite desta terça-feira do sarau "Poesia a estibordo", organizado pela também poeta Diana Balis, no Bar Tempero da Praça. Além de poder rever grandes amigos como o mestre do soneto Manoel Virgílio e Leda Lúcia, declamei dois poemas de amor: "Tua loucura" e "Placida loucura", já que o mote era falar de amor por ser véspera do dia dos namorados.