6 de dezembro de 2012

Soneto - Oscar - Homenagem a Niemeyer

A poesia tem formas mais diversas
de ser feita, moldada e esculpida!
Por vezes pode traduzir a vida
em cores, curvas, prosas e conversas!

A poesia que vem e nos convida
é tão linda e parecem taças persas,
antigas formas raras e submersas
que Oscar traça, desenha... Enfim, lapida!

Oscar, ateu, poeta, comunista,
gênio de sentimento propagado
por traços nobres, traço traçado

com esmero tão puro de um flautista!
Quero aqui registrar meu obrigado
Niemeyer, o eterno centenário artista!

Tulio Rodrigues





Twitter: @PoetaTulio
Tumblr: poetatuliorodrigues.tumblr.com