25 de dezembro de 2012

Soneto: A mulher da minha vida





Ela me embalou mil vezes nos braços, 
é quem inicia a minha vil história,
é quem estará sempre na memória,
é quem me prende sempre por mil laços...

É quem se orgulha mais por minha glória, 
é quem guardou os meus primeiros traços,
é quem sempre se importa com meus passos,
é quem mais reza por minha vitória...

Não há contraste em nosso amor 
e nem a rusga chula mais me priva
de ver a mulher forte e decidida

que não fugiu a luta no labor
e ela será pra sempre a minha diva,
minha mãe, a mulher da minha vida!

Autor: Tulio Rodrigues



Twitter: @PoetaTulio

Um comentário:

  1. Parabéns, Tulio!
    Parabéns à homenageada.
    Feliz de quem a tem a seu lado.
    Feliz Natal!
    Ano Novo de pródigas inspirações.
    Bjssss

    ResponderExcluir

Leia as regras:
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:


- Seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;

- Se quiser deixar sua URL, comente usando a opção OpenID;

OBS: Comentários não refletem as opiniões do autor do Blog.