23 de novembro de 2011

Poesia: A música de nossas vidas

Poeta Tulio Rodrigues
O que subliminarmente transcende a alma,
fomenta o sentimento e os sentidos
tal qual faz o amor a seus amantes?

O que inexorávelmente inunda o espírito,
revigora o mais funesto e nefasto homem
tal qual faz Deus a sua criatura?

O que resplandecentemente vislumbra harmonia,
fragmenta notas, timbres e melodias
tal qual fez Tom a Vinícius e Vinícius a Tom?

O que inexplicávelmente se revela pura,
alva e encanta toda natureza
tal qual faz o mar aos nossos olhos?


O que indiscutivelmente é arte,
é soberba e decentemente a melhor
tal qual é o corpo e a mente?

O que liturgicamente reascende lembranças,
sombras do passado, histórias esquecidas
tal qual faz o sentimento ao coração?

O que ferozmente atormenta a psique,
fratura a exposta alegria da vida
tal qual faz o suicida a si mesmo?

O que docemente é mais bonita se psicografada,
propagada em violas, tamborins e cavaquinhos
tal qual a letra faz a literatura?

O que imensamente é mais firme, forte,
frágil, singela e eterna
tal qual é a música que nos embala pela vida?

O que... O que...

Tulio rodrigues.
Siga-me no Twitter: @poetatulio