13 de junho de 2010

Soneto: À rosa



O que me encanta é este teu encanto,
é este teu brilho de mulher amada,
é a tua forma esculpida e bem talhada
fazendo de teu corpo o meu recanto!

Serás pra sempre a minha linda fada!
A tua voz me soa sempre como um canto,
o teu sorriso é meu acalanto,
és a mais bela rosa perfumada!

Se o tempo permitisse poder tê-la,
faria do teu amor minha alegria
e tudo que o amor fosse capaz!

Rosa, quem dera fosses minha estrela,
quem dera fosses minha nova guia
que me envolva de amor, ternura e paz!

Autor: Tulio Rodrigues

Twitter: @PoetaTulio