2 de maio de 2010

Soneto: Teu brinquedo

Poeta Tulio Rodrigues

Eu quero ser teu homem, teu amor...
Quero a tua boca, ser a tua metade...
Quer ser teu na dor e na amizade...
Quero beijá-la como um beija-flor!...

Eu quero ser teu homem, tua verdade...
Eu quero ser a cura de tua dor...
Eu quero tê-la seja como for...
Eu a quero sedenta e com vontade!...

Eu quero ser teu homem, tua loucura...
Quero ser teu remédio, ser tua cura...
Eu quero ser mais forte que teu medo...

Quero amá-la a qualquer hora ou mais cedo...
Quero ser possuído em tua fissura...
Quero ser teu amante, o teu brinquedo!...

Tulio Rodrigues

Twitter: @PoetaTulio